ANÁLISE DE IRREGULARIDADES NA PREFEITURA DE SFI: Ministério explica suspensão de 329 Bolsa Família em São Francisco de Itabapoana!

O Ministério da Cidadania suspendeu o pagamento do Bolsa Família aos 329 beneficiários de São Francisco de Itabapoana (RJ), Norte Fluminense, em função de irregularidades apresentada durante análise da base de dados enviados pela Prefeitura.

A informação é do próprio Ministério em resposta a um pedido de informações formulado pela reportagem do Portal VIU!.

O pedido para suspensão do pagamento se deu a partir de uma auditoria realizada pela Controladoria Geral da União (CGU), depois de confrontar o cadastro com dados enviados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ).

A suspensão do pagamento também impede que esses beneficiários recebam o Auxílio Emergencial da Caixa Econômica Federal.

“O Governo Federal tem realizado um amplo trabalho para identificar e suspender o pagamento do Auxílio Emergencial para as pessoas que não atendem aos critérios de elegibilidade para o recebimento do benefício definidos na Lei 13.982/2020, que abrange também os beneficiários do Programa Bolsa Família”, destaca um trecho da informação enviada pelo Ministério.

As análises criteriosas dos órgãos de controle externo e do próprio governo visam combater as fraudes para recebimento indevido de Auxílio Emergencial e Bolsa Família, qualquer inconsistência apresentado durante as análises podem implicar em suspensão de pagamentos.

“Desta forma, a suspensão é explicada pela análise e reanálise dos cadastros em que foram sinalizadas possíveis divergências, a partir da atualização das bases de dados utilizadas para concessão do auxílio”, diz o Ministério.

Os benefícios suspensos só serão liberados mediante comprovação de que os beneficiários se enquadram nos critérios tanto para recebimento do Auxílio Emergencial quanto do Bolsa Família.

“Confirmado que o cadastro respeita os critérios para o recebimento do Auxílio Emergencial, os recursos serão liberados. Se o requerente não atender aos critérios para o recebimento do benefício, ele voltará a receber o Bolsa Família, desde que atenda às regras de elegibilidade do Programa”, esclarece o Ministério.

Os beneficiários que estão impedidos de receber tanto o Bolsa-Família quanto o Auxílio Emergencial, deve procurar a Prefeitura para se informar que tipo de inconsistência consta na base de dados, para tentar sanar o problema.

OUTRO LADO

Recentemente, por meio das redes sociais, a coordenadora do Bolsa Família e Gestora do CadÚnico em São Francisco, Joselma Cavalar, emitiu um comunicado sobre a situação.

“Até o momento, o Governo Federal ainda não emitiu nenhum comunicado a respeito, portanto, orientamos que os beneficiários que se encontram nesta situação realizem tentativa de saque do Bolsa Família na próxima data de pagamento”, disse a coordenadora.

Ela explicou ainda que as famílias que estiverem na mesma situação podem entrar em contato pelos telefones. “Em caso de dúvidas, as famílias devem entrar em contato para obter mais informações através dos telefones (22) 9.9826-0957 e (22) 9.9942-3311 Setor de Bolsa Família”.

Nas redes sociais da Prefeitura de São Francisco, algumas famílias estão reclamando que ligam para o número 111 e a informação passada pelos atendentes é que o benefício está depositado na conta, mas quando entram na Caixa Econômica Federal a informação é de que o dinheiro não entrou. A Prefeitura destacou que tenta o contato com Ministério da Cidadania para resolver o problema.

Fonte: https://www.portalviu.com.br/

São Francisco de Itabapoana, Buena – RJ – vídeo com matéria escrita e postada por ELISÂNGELA GOMES RIBEIRO

EMPRESAS, PATROCINADORES, COLABORADORES E EMPRESÁRIOS QUE APOIAM O GRUPO K.J. DE COMUNICAÇÃO:

About Kessio Jhonis 872 Articles
Este é um site pertencente ao Grupo Késsio Jhonis de Comunicação, onde trabalha com um lema de 'Seriedade e Credibilidade', K.J.Portal de Notícias

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*