Silvio Santos completa 90 anos neste sábado 12/12/20 e o GRUPO KÉSSIO JHONIS DE COMUNICAÇÃO faz uma grande e belíssima homenagem à este ícone.

HOMENAGEM À SILVIO, PARTE 1

HOMENAGEM À SILVIO, PARTE 2

Sílvio Santos (Comunicador e empresário brasileiro).

Sílvio Santos (1930) é um apresentador de Televisão e empresário brasileiro. Começou a trabalhar como camelô aos 14 anos, quando aprendeu a negociar e a expor a sua voz, considerada poderosa.
Silvio Santos (Senor Abravanel) nasceu na Lapa, Rio de Janeiro, no dia 12 de dezembro de 1930. Filho do imigrante grego Alberto Abravanel, natural de Salônia, e da turca Rebeca Abravanel, natural de Esmirna. Era chamado de Silvio, pela mãe, que não gostava de seu nome de batismo.
Silvio estudou na Escola Primária Celestino da Silva. Terminado o primário, ingressou na Escola Técnica de Comércio Amaro Cavalcanti, onde se formou em Contabilidade. Nessa época já exercia a atividade de camelô na Avenida Rio Branco.
Com 14 anos começou a trabalhar vendendo carteirinhas de plástico para se colocar título de eleitor. Depois passou a vender canetas. Muito vivo e comunicativo nunca mais lhe faltou dinheiro.
Nessa época, Silvio começou a frequentar os programas de auditório da Rádio Nacional. Passou a usar o sobrenome, Santos, segundo ele, porque os santos ajudam.
Com 18 anos, Silvio começou a servir o Exército, na Escola de Paraquedistas em Deodoro. Como não podia mais ser camelô nas ruas, passou a frequentar a Rádio Mauá, onde o locutor principal era Celso Teixeira.
Pediu ao Celso que arrumasse algo para ele fazer na rádio e, começou a trabalhar no programa de Silveira Lima, aos domingos e de graça. Quando deixou o Exército já estava bem encaminhado como locutor dentro da rádio.
Passou para a Rádio Tupi, acompanhando o Silveira Lima, que se transferira para aquela emissora. Para ganhar mais dinheiro passou a vender tecidos, relógios, joias e sapatos nas repartições públicas, escritórios e obras.
Quando deixou a Rádio Tupi passou a ganhar mais na Rádio Continental, que possuía estúdios em Niterói.
Durante as viagens de Niterói para o Rio de Janeiro durante a noite, Silvio teve a ideia de colocar um serviço de auto falante na barca para fazer anúncios. O passo seguinte foi colocar música nas barcas que iam para Paquetá nos domingos levando turistas.
Instalou um bar dentro da barca e organizou um bingo: cada pessoa que comprasse um refrigerante ou cerveja recebia uma cartela e um lápis para marcar o jogo, que dava prêmios. Silvio se tornou o maior vendedor dos produtos da Antarctica no Rio de Janeiro.
Convidado pelo diretor da Antarctica, Silvio Santos foi conhecer São Paulo. Ficou sabendo que a Rádio Nacional estava precisando de locutor. Fez o teste e passou. Em 1954 assinou seu primeiro contrato de trabalho.
Convidado por Manuel da Nóbrega, começou a apresentar o quadro Cadeira de Barbeiro, quando o Hélio de Souza deixou a Rádio Nacional.
Paralelamente ao emprego na rádio, lançou a revista Brincadeiras para você, onde fazia corretagem de anúncios. Silvio retirou o bar da barca, que estava no estaleiro para reparos e, o instalou na frente da Igreja Santa Cecília, próxima à rádio.
Para ganhar mais dinheiro, começou a fazer shows em circos. Aos poucos organizou grandes caravanas de artistas que se apresentavam na periferia e nos municípios próximos a São Paulo.
Mesmo já tendo adquirido alguma prática nos shows, durante as apresentações, Silvio ficava muito vermelho e por isso recebeu o apelido de “Peru que fala”.
Em 1956, Silvio Santos assumiu o Baú da Felicidade depois que Manuel da Nobrega foi enganado pelo “alemão” que não cumpriu o combinado. Silvio organizou a empresa, mudou de nome e em 1963 fundou a BF Utilidades Domésticas e Brinquedos, que se tornou a primeira empresa do grupo.
Vendendo carnês e entregando mercadorias a empresa se desenvolveu e logo estava sorteando casas.
Com a evolução de seus negócios, Silvio foi criando empresas para auxiliá-lo nos negócios, entre elas: Publicidade Silvio Santos Ltda, uma companhia de seguros, uma construtora, uma financeira, uma concessionária de carros, uma seguradora, entre outras.
Paralelamente ao Baú, Silvio iniciou um programa noturno na TV Paulista chamado “Vamos Brincar de Forca”. Com o sucesso, em 1961, começou um programa aos domingos com brincadeiras e prêmios, com base no Baú.
Em pouco tempo o Programa Silvio Santos tomou conta das tardes do domingo. Em 1966 a TV Globo comprou a TV Paulista e o programa continuou. Em 1972 surgiu a oportunidade de comprar 50% da TV Record, que serviu de trampolim para Silvio conseguir seu canal em São Paulo, o que ocorreu em 22 de outubro de 1975.
Em 1981 entrou no ar a Rede SBT. Em 1993 o Programa Silvio Santos entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes, como “o programa mais duradouro da televisão brasileira”. O programa estava completando 31 anos.
Silvio Santos se tornou um dos maiores empresários brasileiros, mas continua à frente do Programa Silvio Santos que é apresentado nas tardes e noites do domingo.
Silvio Santos foi casado com Cidinha entre 1962 e 1977, que morreu vítima de câncer no aparelho digestor, com apenas 38 anos. Dessa união nasceu Cíntia Abravanel e juntos criaram também Silvia Abravanel.
Em 1981, Silvio casa-se com Íris Abravanel e juntos tiveram quatro filhas: Daniela, Patrícia, Rebeca e Renata.

FELIZ ANIVERSÁRIO NOSSO SILVIO SANTOS!

EMPRESAS, PATROCINADORES, COLABORADORES, LOJISTAS, COMERCIÁRIOS, APOIADORES E EMPRESÁRIOS QUE APOIAM O GRUPO K.J. DE COMUNICAÇÃO:

About Kessio Jhonis 953 Articles
Este é um site pertencente ao Grupo Késsio Jhonis de Comunicação, onde trabalha com um lema de 'Seriedade e Credibilidade', K.J.Portal de Notícias

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*